Connect with us

Notícias gospel

Alerta aos pais: desenho na Netflix promove ideologia de gênero para crianças

Publicado

em

A Netflix colocou em seu catálogo mais um desenho infantil, mas para muitos pais (para não dizer absoluta maioria), especialmente os cristãos, ele não deverá ser bem aceito em seus lares. Isso, porque, a produção é na verdade uma clara apologia à ideologia de gênero.

Recentemente foi publicado aqui no Profeta Cristão um artigo intitulado “O difícil papel dos pais na educação dos filhos em um mundo cada vez mais doentio“. Outro texto também lançado aqui, chamado “Não deixe que o mundo determine a educação dos seus filhos; veja 3 dicas valiosas“, são exemplos do motivo pelo qual os pais devem se preocupar com o que os pequenos veem na TV, no computador ou no celular.

No desenho chamado “Ridley Jones: A Guardiã do Museu”, a chamada linguagem ‘neutra’ é largamente empregada fazendo alusão à ideologia de gênero. Da mesma forma, o desenho também conta com um personagem não binário e uma família de múmias com dois pais.

“Fred é menino ou menina?”, questiona a protagonista Ridley ao macaco astronauta Peaches. “Não sei não; é só Fred”, responde o personagem. “Você não estava tentando esconder o fato de que tinha dois pais, estava? Porque isso parece incrível para mim”, pergunta Ridley à múmia Ismat em outro trecho.

“Não. Ter dois pais é o melhor. Eu consigo ouvir duas vezes piadas de pai”, responde a múmia. Termos da língua portuguesa também são distorcidos no desenho para promover a agenda de gênero. São palavras como “fofine” (em vez de “fofinho” ou “fofinha”), “amigues” (em vez de “amigos” ou “amigas”) e “todes” (em vez de “todos” ou “todas”), todas recorrentes no desenho.

O desenho foi criado por Chris Nee, uma produtora que se identifica como mulher lésbica. Em sua rede social, ela não esconde o seu desejo de querer influenciar o mundo através da sua visão e estilo de vida, algo que embora seja plenamente legítimo enquanto direito, vai de encontro à cosmovisão cristã.

“Estou aqui para mudar o mundo, ou me aposentar tentando. Eu sei o que é ser diferente. Meu trabalho é mostrar ao mundo como eu quero que ele seja”, disse ela em sua rede social, segundo o Pleno News.

close

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.