Connect with us

Notícias gospel

Em ato com Lula, Requião diz que só aceita título de propriedade “assinado por Deus”

Publicado

em

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve no evento de filiação do ex-governador e ex-senador do Paraná, Roberto Requião, ao Partido dos Trabalhadores (PT). O ato ocorreu na última sexta-feira (18) em Curitiba, no Paraná, e também contou com a presença de representantes do Movimento Sem Terra (MST).

close

Na ocasião, o ex-senador de 81 anos fez um discurso estranho à luz da Constituição Brasileira, argumentando que só aceita títulos de propriedade privada “assinados por Deus”. Em outras palavras, que não reconhece a legitimidade dos títulos concedidos pelo governo.

O jornalista Reinaldo Azevedo chegou a destacar o fato em uma matéria de opinião para a revista Veja. “Franchising de esquerda invade área, e Requião manda propriedade privada às favas”, diz a manchete.

Requião deixou o MDB em agosto de 2021, após perder a convenção para presidência do diretório estadual do partido para o deputado estadual Anibelli Neto, por 203 a 77 votos, segundo o G1. Agora filiado ao PT, o ex-senador é pré-candidato ao governo do Paraná.

Alguns usuários nas redes sociais viram uma afronta à fé cristã o fato de Requião ter citado o nome de Deus durante o evento, em tom de deboche por causa dos títulos de propriedade que ele deu a entender não considerar válidos.

Outros internautas também alertaram para o fato das palavras do ex-senador parecerem uma ameaça aos proprietários de terra, como avaliou o jornalista Reinaldo Azevedo anteriormente. Assista:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.