Connect with us

Mundo cristão

Em reação ao Burger King, gibi da Igreja Batista sobre diferenças sexuais viraliza

Publicado

em

O lançamento recente de uma campanha publicitária da rede de lanchonetes Burger King causou enorme repercussão na sociedade, especialmente no meio conservador e cristão, uma vez que a peça fez apologia à agenda ideológica LGBT com a exposição de crianças. Em contrapartida, internautas lançaram uma espécie de ofensiva e relembraram a existência de conteúdos que vão na contramão disso, como o gibi infantil “Viva a Diferença”, lançado pela Convenção Batista Brasileira com o apoio da psicóloga Marisa Lobo.

Segundo o site oficial da iniciativa, o Projeto Viva a Diferença é um movimento organizado pela Convenção Batista Brasileira e Igreja Batista do Bacacheri – Curitiba/PR, que juntas desenvolveram um gibi gratuito com o objetivo abordar o tema das diferenças sexuais  conforme os ensinamentos bíblicos, a realidade biológica e os direitos adquiridos pela constituição federal.

Marisa Lobo, que possui livros como “Famílias em Perigo” e é membro da Batista do Bacacheri, aborda no gibi de forma simples e objetiva a questão das diferenças sexuais, a fim de que as crianças possam compreender a real natureza biológica humana que já orienta, geneticamente, às identidades sexuais macho e fêmea.

O gibi voltou a ser compartilhado e baixado massivamente com a repercussão negativa a campanha do Burger King. Voltado para crianças entre 4 e 8 anos, o material está disponível em língua portuguesa, espanhola e em breve terá em inglês. Ele pode ser lido no celular, tablet, computador ou impresso e distribuído, por exemplo, nas igrejas.

“Crianças têm sexo e identidade, meninos e meninas são diferentes, porém, iguais em direitos. A sexualidade faz parte da vida e do corpo desde o nascimento. Crianças costumam questionar sobre assuntos polêmicos, o importante é falar na linguagem adequada, com verdade e cuidado para não ofender ou discriminar quem pensa diferente”, diz Marisa no site oficial do projeto.

O site também traz o comentário do Presidente da Convenção Batista Brasileira e vice-presidente da Aliança Batista Mundial, pastor Luís Roberto Silvado. “Como cristãos ensinamos nossas crianças que elas são diferentes, nasceram diferentes, tem sexo diferentes e uma identidade única em concordância com sua biologia e cultura, gerada e criada a imagem e semelhança de Deus”, diz ele.

O gibi também possui uma versão animada que pode ser baixada. Para assistir e compartilhar, veja abaixo:

close

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.