Connect with us

Mundo cristão

Pastor usa templo para acolher refugiados ucranianos: ‘Fazendo o que Jesus ensinou’

Publicado

em

As igrejas da Polônia estão respondendo à crise na Ucrânia. Um pastor que transformou sua igreja em um centro de refugiados está recebendo assistência da Operação Bênção da emissora cristã CBN News.

As equipes da Operação Bênção estão no terreno na Polônia fornecendo suprimentos de emergência para refugiados ucranianos com a ajuda de uma igreja pentecostal local. Vladislav Wiglasz pastoreou na igreja por quase 30 anos.

“O que você vê normalmente é nosso santuário, onde todos os domingos e durante a semana adoramos ao Senhor. Mas agora, por causa da situação na Ucrânia, nosso dever, nosso ministério, é ajudar essas pessoas. Então, colocamos as cadeiras de lado, o máximo de colchões que pudermos para colocar os refugiados que estamos ajudando a atravessar a fronteira”, disse o pastor Wiglasz.

“Nosso dever nesse ministério é trazê-los da fronteira para um lugar seguro onde os alimentamos, onde eles podem se lavar, obter os suprimentos de que precisam”, explicou.

“E então outras pessoas de igrejas, voluntários, estão levando-os ao seu local de destino. Então estamos fazendo isso para abençoar essas pessoas, para ajudá-las porque como cristãos temos que fazer isso. É nosso ministério, nosso chamado para fazer o que Jesus nos ensinou. E estamos fazendo isso com muita alegria.”

Enquanto a Operação Bênção entregava suprimentos ao pastor Wiglasz, perguntamos como nossos apoiadores poderiam ajudar ainda mais a igreja a ajudar os refugiados.

Pastor usa templo para acolher refugiados ucranianos: 'Fazendo o que Jesus ensinou'

O pastor Wiglasz no templo da sua igreja, na Polônia. Foto: reprodução/redes sociais

“Uma forma é o apoio financeiro, porque assim podemos comprar ou usar o dinheiro para certas coisas necessárias. Precisamos de suprimentos, ou gasolina, ou eletricidade. Então custa, e o apoio financeiro é a melhor maneira de nos ajudar. gostaria de lhe pedir, é apenas ficar todos juntos em oração, principalmente pela Ucrânia, essas pessoas e por aqueles que os estão ajudando”, disse o pastor Wiglasz.

“Muito obrigado por nos ajudar. Nós os abençoamos, nós os amamos. Obrigado. Que o Senhor os abençoe”, disse ele. Com informações: CBN News.

close

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.