Connect with us

Mundo cristão

Psicóloga cristã rebate fala de Lula sobre aborto: ‘Bebê no útero é questão humana’

Publicado

em

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez uma declaração recente sobre o aborto, método que consiste em interromper o desenvolvimento da vida humana ainda no útero materno. Segundo o líder petista, essa prática seria uma questão de “saúde pública”, assim como um direito de escolha de cada mulher.

close

“Não tenho vergonha de dizer que eu, Lula, pai de 5 filhos, sou contra o aborto. Mas, enquanto chefe de Estado, tenho que tratar o assunto como saúde pública. Eu acho que o aborto é um direito da mulher”, afirmou o petista, explicando em seguida que mesmo sendo católico e contrário ao aborto, entende que eliminar ou não a vida humana ainda no útero deve ser uma questão de escolha.

“Não preciso ser favorável, mas tenho que cuidar para que todos sejam tratados dignamente pela saúde pública”, completou o ex-presidente. Quem rebateu a fala do petista, no entanto, foi a psicóloga cristã Marisa Lobo. Ela usou a sua conta no Twitter para pontuar que o aborto vai muito além da esfera do direito e da saúde.

“Questão de saúde pública é doença, tratamento e prevenção! Bebê gerado no útero é questão humana que requer proteção e direito à vida!”, explicou Marisa. Ela ainda argumentou que a tentativa de tratar o aborto apenas como uma questão de saúde seria uma forma de “coisificar” a vida humana.

“A esquerda, como sempre, coisifica a vida e mascara a verdade em nome de ideologias sanguinárias”, disparou a psicóloga, conhecida no país por sua atuação contra a ideologia de gênero. A declaração de Lula foi dada durante o podcast Mano a Mano, do rapper Mano Brown. Veja mais:

Discriminação religiosa? Senador cobra a votação do pastor Mendonça para o STF

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *