Connect with us

Mundo cristão

Teólogo comenta fim dos tempos e alerta: “Estamos caminhando para um governo único”

Publicado

em

A volta de Jesus Cristo é um dos ensinos centrais da doutrina cristã, algo que foi predito pelo próprio Filho de Deus, o qual descreveu uma série de sinais do “fim dos tempos”, quando ocorrerá o seu glorioso retorno, dessa vez, para arrebatar a Igreja e destruir de uma vez por todas o império da iniquidade no mundo.

Este evento, no entanto, não ocorrerá sem o que a maioria dos teólogos cristãos classificam como o estabelecimento de um “governo único” no planeta, o qual será liderado pelo que a Bíblia chama de o “homem da iniquidade”, o “iníquo”, mais conhecido popularmente como o “Anticristo”.

Neste sentido, o teólogo e renomado arqueólogo Dr. Rodrigo da Silva falou recentemente durante uma live sobre o tema “O que Falta para Jesus Voltar?”, destacando que a pandemia do novo coronavírus é um dos sinais do fim, visto que ela tem corroborado com o ensino do governo único.

“Sempre houve epidemias no mundo, mas uma pandemia é a primeira vez. Também é a primeira vez que estão desenhando uma economia mundial. Estamos caminhando para um governo único”, disse ele. Silva, no entanto, lembrou que a certeza de que a volta de Jesus se aproxima cada vez mais não significa que devemos nos desconectar da realidade atual, mas sim que precisamos anunciar o Evangelho continuamente.

“Esse ambiente apocalíptico nos remete à iminência da volta de Jesus e nos dá um senso de missão, da urgência de ter que falar do Evangelho”, disse ele. “Não podemos perder o rumo da história considerando só o amanhã, sem viver o dia de hoje.”

“Estamos vendo o princípio das dores, mas como a Bíblia afirma: ainda não é o fim. Todos os sinais nos lembram que Jesus vai voltar, mas não vão garantir que isso acontecerá agora”, conclui o teólogo.

close

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.