Connect with us

Mundo cristão

“Terrivelmente evangélico”: Bolsonaro cumpre promessa e indica pastor para o STF

Publicado

em

O presidente Jair Bolsonaro cumpriu, finalmente, a sua promessa de indicar alguém “terrivelmente evangélico” para uma vaga de ministro no Supremo Tribunal Federal (STF). O indicado é o ex-ministro da Justiça e atual advogado-geral da União, André Mendonça, que também é pastor da Igreja Presbiteriana Esperança, em Brasília.

O que até então eram rumores se tornou oficial após a publicação da indicação no Diário Oficial da União (DOU) nesta terça-feira (13), encaminhada ao Senado Federal. Mendonça ocupará a vaga deixada pelo agora ex-ministro Marco Aurélio de Mello, aposentado no dia 12.

“Coloco-me à disposição do Senado Federal. De forma respeitosa, buscarei contato com todos os membros, que têm a elevada missão de avaliar meu nome. Por fim, ao povo brasileiro, reafirmo meu compromisso com a Constituição e o Estado Democrático de Direito. Deus abençoe nosso país”, disse Mendonça em nota de agradecimento pela indicação.

Em conversa com apoiadores na segunda, Bolsonaro defendeu a indicação do AGU e revelou que fez um pedido a ele. “Mendonça é extremamente evangélico. Pedi a ele que, uma vez por semana, comece a sessão (no Supremo) com uma oração”, afirmou o presidente, lembrando da sua promessa feita em 2019 durante uma reunião com pastores.

Natural de Santos, em São Paulo, Mendonça se formou em ciências jurídicas e sociais em 1993 pela Instituição Toledo de Ensino, no interior paulista. Fez especialização em direito público pela Universidade de Brasília (UnB), mestrado pela Universidade de Salamanca, na Espanha, e também doutorado na mesma instituição.

close

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.