Connect with us

Notícias gospel

Traficantes raptam crianças refugiadas na Ucrânia fingindo que são “pastores”

Publicado

em

“Foi puro caos.” Foi assim que Natasha Boom, gerente regional da Orphan’s Promise para a Europa, descreveu a fronteira polonesa, para onde mulheres, crianças e famílias continuam fugindo após a brutal invasão russa da Ucrânia ter começado no dia 24 de fevereiro passado.

De crianças traumatizadas gritando a alegações de que traficantes de seres humanos estão se passando por pastores e tentando sequestrar crianças, dificuldades e horrores atormentam os refugiados ucranianos.

Durante um evento especial de oração ao vivo na sexta-feira, organizado pela CBN News, Boom descreveu as muitas cenas que observou recentemente na fronteira, incluindo uma mãe que amarrou uma corda em volta de suas filhas por medo de que elas fossem levadas.

“Esta mãe… ela tinha uma corda amarrada na cintura com quatro meninas provavelmente com menos de cinco anos enroladas, porque há risco de traficantes e ela não queria dormir com seus filhos lá”, disse ela.

Boom continuou: “Os guardas de fronteira foram algumas das pessoas mais incríveis que conheci. Alguns deles não dormiram porque queriam ficar acordados para proteger as crianças”. Ela disse que a questão do tráfico é o seu “maior pedido de oração no momento”, especialmente considerando quantas dessas crianças e famílias estão em risco.

“Ouvimos relatos no terreno esta semana sobre traficantes fingindo ser pastores e aparecendo com microônibus e ônibus”, disse Boom. “Alguns dos guardas de fronteira disseram: ‘Há traficantes aqui, mas como sabemos? Há milhares de pessoas.'”

Ela disse que a situação é complicada e pediu ao público que orasse para que esses males inimagináveis ​​sejam frustrados. “Esse é um dos meus maiores pedidos de oração… que esse mal possa ser exposto pelo que é”, disse Boom. “Que as crianças seriam poupadas.” Com: Charisma News.

close

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.